Dúvidas e gastos: morando sozinha em São Paulo.

Desde quando me mudei para são paulo, várias pessoas me pediram para contar e detalhar um pouco de como era e quanto eu gastava mais ou menos, pois muita gente tem vontade de sair de casa e/ou mudar para fazer faculdade. Então, vou contar para vocês com todos os detalhes que minha memoria me permitir lembrar hahaha. Vou dividir em dois posts, esse vai ser sobre morar sozinha, que no meu caso, não foi tão sozinha assim. E no próximo post vou contar mais sobre a faculdade e os gastos com materiais e trabalhos.

Minha intenção desde sempre era morar sozinha, sempre fui bem na minha, até na casa dos meus pais passava mais tempo no quarto trancada do que no resto da casa, minha mãe até brincava quando saia do quarto “nossa, o morcego saiu da toca” ou seja, não sou uma pessoa muito fácil de conviver.

Mas, como nada acontece como queremos, meus pais não conseguiram uma kitnet perto da faculdade por um preço acessível e com boa localização, ou era um, ou era o outro, os dois requisitos não andam junto aqui em são paulo. Então meus pais começaram a procurar um lugar para eu morar com outras meninas, e não foi tão fácil assim, de primeira queriam R$950 para dividir um quarto com mais duas meninas, se não me engano, e ainda dormir em uma beliche, e essa possibilidade para mim estava fora de cogitação, já que tenho quase 1,80 de altura.

Logo depois meus pais acharam uma menina que queria dividir apartamento, nesse apartamento eu teria um quarto só para mim, e ele ficava bem perto da faculdade, meus pais toparam na hora, mas eu fiquei com muito medo de não me dar bem com a garota, porque só meus pais foram conhecer ela e o apartamento, eu estava em época de provas e enfim, seis meses foram o suficiente para acontecer uma briga monstra onde a menina tentou colocar minha mãe contra mim e eu contra minha mãe criando várias mentiras e incluindo até o sindico do prédio nisso. Inclusive tinha outra menina no apartamento, uma colega minha de sala, que eu levei para morar no outro quarto e ela conseguiu arrumar uma briga maior ainda e colocar minha amiga e a mãe dela contra mim e minha mãe, acho que já da pra perceber que a confusão foi BEM GRANDE.

E eu definitivamente não me sentia em casa perto dela, então quando minha mãe percebeu que eu estava certa (isso demorou seis meses) ela pediu para menina arrumar outro lugar e então eu fiquei sozinha, isso deu um prejuízo muito grande, no final do post vou colocar o valor e vocês vão entender. O prejuízo foi grande mas finalmente tive paz, queria me sentir em casa então no mesmo dia que ela saiu já fui em uma gráfica, imprimi várias coisas para colocar nas paredes e deixar o apartamento com a minha cara, como vocês podem ver na foto a cima.

Depois disso fiquei um mês morando sozinha mas estava saindo extremamente caro, porque eu estava tendo que pagar o valor do aluguel inteiro sozinha, então tive que procurar outras pessoas, foi ai que minha mãe achou uma menina na OLX (estranho, eu sei hahaha) e ela foi ver o apartamento, desde então a gente se da super bem, e depois da carol achamos outra menina, que a gente também se dava bem mas ela acabou precisando mudar. Ai por causa do valor do apartamento, e por também não querer mais confusão, chamei a carol para dividir outro apartamento comigo (mudamos e desde então estou sem internet, por isso sumi do blog).

Agora vem a pior parte, os valores. O valor do primeiro apartamento, que deu aquela confusão toda, era R$2.500 com condomínio, além das contas como internet, tv e alimentação (que cada uma comprava a sua), e o valor não era divido igualmente, pelo fato de um dos quartos ser bem menor e o outro, se colocasse valor divido igualmente ninguém alugaria, afinal, R$1.200 por um quarto é muito dinheiro, então acabei me ferrando e arcando com a maior parte do aluguel. Ou seja, se você tem intenção de mudar e dividir apartamento, não seja a responsável.

Resumindo, quando tinha três pessoas eu pagava R$1.200 e quando só ficou eu e a carol R$2.200. Não era nem uma facada no bolso, era uma serra elétrica. É claro que não dava pra continuar lá então por sorte achamos um apartamento na rua de baixo, maior só que sem portaria, por 500 reais a menos. Nesse novo apartamento são três quartos assim como o antigo, só que agora como só tem duas morando, o quarto menor estou transformando em um ateliê de costura para mim, já que é muito ruim deixar meu quarto de cabeça pra baixo toda vez que ia costurar alguma coisa, e também mal tinha espaço. Como ainda estamos sem internet não da pra saber o preço exato ao todo mas de aluguel, condomínio, água e gás fica ao todo R$2.100 e minha parte sai por R$1.500.

No próximo post vou postar o valor que gasto em alimentação,  porque também como na faculdade e vai ser mais fácil de explicar.

O post ficou bem grande mas espero ter esclarecido a duvida do preço e minha opinião sobre dividir apartamento, se tiverem alguma outra duvida podem perguntar nos comentários que vou responder todos.

Anúncios

Exposição do Salvador Dalí.

Não faço post desde o final de agosto mas juro que foi por bons motivos e não porque estava com preguiça. Vou fazer um resumo rapido, adotei um gato, o james (por causa do vocalista do metallica), e com duas semanas ele teve que ficar internado então fiquei a total disposição dele, depois que ele já estava bem, começou minha semana de shows, fui em 3 shows em menos de uma semana. Vou explicar melhor, no começo do ano teria o show do 30 seconds to mars, que foi adiado e acabou caindo na mesma semana do circuito do banco do brasil, que eu iria para brasilia ver o linkin park, então ficou: na quarta teve a exibição do artifact com o jared leto (vocalista do mars), na quinta o show deles em são paulo, sabado fui para brasilia, domingo show do linkin park, terça show do mars em brasilia, ufa. Depois dessa aventura toda (tem várias fotos no meu instagram pra quem ficou curioso haha) fiquei mega doente, na verdade ainda estou, mas não queria esperar mais tempo para voltar, então, estou de volta.

Na semana passada tinha que fazer um trabalho de pesquisa de campo para a faculdade, tinha que ser em um lugar onde tivesse o tipo de pessoas do meu publico alvo do projeto, que no caso são pessoas que usariam uma roupa feita de outras roupas (roupas de brechó), então acabei achando que a exposição seria um bom lugar, e foi. E ah, quando meu projeto for finalizado e apresentado eu venho contar para vocês os detalhes.

A exposição conta com a retrospectiva dos trabalhos de Dalí, a sala que mais chama atenção na exposição é a sala Mae West, que é como se você tivesse entrando no rosto da atriz, não consegui tirar nenhuma foto mas vale a pena ir.

Essa exposição fica até o dia 11 de Janeiro no Instituto Tomie Ohtake, Rua Dos Coropés, 88 em Pinheiros, São Paulo. Entrada gratuita.

Exposição dos Beatles em São Paulo.

Como sempre acontece alguma coisa e começo o post me desculpando, hoje não vai ser diferente, minha internet resolveu parar de pegar semana passada e juro, fiquei mais de duas horas todo dia tentando pelo menos carregar a pagina de posts, agora o blog esta todo atrasado mas o que não falta é material pronto. expo beatle fest Vamos ao que interessa, na semana passada depois da aula combinei com duas amigas de ir ver a EXPO BEATLE FEST que está acontecendo no shopping Market Place, para quem não conhece, fica de frente ao shopping morumbi, no final coloco o endereço (parece que não é só lá que esta tendo). expo beatle fest A exposição está “pequena” mas da para morrer de amores. expo beatle fest Para quem gosta dos beatles ou quer conhecer mais o trabalho deles, eu indico ir a exposição, são vários itens, bateria, discos, fotos, bonecos, entre outros.expo beatle festA entrada é grátis, fica na praça de eventos na frente do outback do shopping market place, Avenida Doutor Chucri Zaidan, 902 – Vila Cordeiro, São Paulo.expo beatle festE para quem quiser saber mais, a exposição vai até o dia 31 de agosto e nesse período está ocorrendo vários shows com os maiores sucessos da banda, jogos e campeonatos, a agenda completa você encontra aqui.

Feira de discos em São Paulo.

No domingo fui no MIS para ver a exposição do david bowie e quando cheguei lá tive uma surpresa linda, estava tendo uma feira de discos, discos antigos, discos novos e de vários preços, vários mesmo.

feira de discos

O encanto começou quando a primeira “loja” de discos era no porta-malas de um carro antigo, e além de tudo estava tocando musicas ótimas, só para me fazer vontade de ir lá e gastar todo o dinheiro que eu não tenho em discos.

feira de discos

Sou apaixonada por discos, tenho alguns e tinha um toca disco gigante no meu quarto em minas que infelizmente não deu para trazer para são paulo, MAS na sala do meu apartamento em cima da janela tem uma decoração com discos ♡

feira de discos

Quando digo que tinha discos de vários preços, não estou mentindo, tinha discos de 5 reais até os mais caros, não tenho ideia de quanto seja mas um dos que eu vi e me interessei era o origin of symmetry do muse, estava 90 reais, e com certeza devia ter uns de 500 para cima.

feira de discos

A feira aconteceu no MIS como eu disse antes, não sei de quanto em quanto tempo tem e se é no mesmo lugar, mas um moço estava recolhendo os emails de quem tinha interesse e eu dei o meu, assim que souber de alguma novidade eu aviso vocês.

Exposição do David Bowie em São Paulo.

Sei que estou merecendo uns tapas por sumir do blog assim mas juro que é conspiração, sexta minha internet ficou o dia todo sem pegar e resolveu pegar na hora que eu estava indo para o show do Warrel Dane e ontem passei o dia viajando cheguei muito cansada e não tinha animo para nada, confesso.

exposição david bowie

Vim mais cedo de minas porque hoje tinha combinado de ir com as minhas amigas de faculdade na exposição do bowie no MIS mas todas furaram e acabei indo só com uma amiga mesmo. Se preparem porque o post vai ser longo, vou tentar falar pouco (difícil) mas vale a pena ver as fotos.

exposição david bowie

Chegamos lá mais ou menos 13h e a fila não estava “grande” tinha passado só um pouco do portão do MIS, recebemos uma senha depois de algum tempo e o resultado foi: duas horas e meia de fila.

exposição david bowie

Você entra e pega um fone de ouvido, você deve estar se perguntando “pra quê?”. A cada vez que você chegasse perto de um figurino ou um item, começava a tocar uma musica que tinha a ver com aquilo.

exposição david bowie

Foi emocionante ver as partituras. Elas estavam sujas, com marca de gotas, isso é o que da a sensação de “estar próximo”.

exposição david bowie

Essa foi uma das minhas partes favoritas na exposição,  o teto era cheio de “pássaros” criados com livros e com toda a iluminação ficou muito legal.

exposição david bowie

São varias “salas” com coisas da exposição, é bem grande mesmo, se você tiver interesse em parar para ler e saber a historia de cada minima coisinha que tiver ali, você não gasta menos que três horas lá dentro.

exposição david bowie

Em uma das partes da exposição eles estavam exibindo filmes que o bowie já participou, tem até sofá para ficar lá assistindo.

exposição david bowie

Ah os figurinos do bowie, cada um mais incrível, meus olhos brilhavam diante de tanta criatividade.

exposição david bowie

Ao entrar em uma sala escura começava um show, literalmente, um show do bowie no telão e os figurinos com suas historias e criadores na descrição.

exposição david bowie

Eu tirei muitas fotos, mais de 100 fotos mas não da para postar tudo aqui até porque o post ficaria gigante e ocuparia uma pagina inteira, essas foram as fotos da exposição e se você tiver interesse em ver mais, é so me pedir.

exposição david bowie

Saindo da exposição tinha uma loja vendendo produtos do david bowie como almofadas, camisetas, livros, bottons, imãs para geladeira e muitas outras coisas, a almofada da foto por exemplo custa 45 reais.

exposição david bowie

Para guardar de recordação e deixar minha geladeira lindíssima, comprei dois imãs e um bottom, o imã foi R$3 reais cada e o bottom R$2,50. A entrada foi R$5, paguei meia por seu estudante e não sei se é esse preço para todos os dias, sei que na terça é de graça mas é muito dificil de entrar, horas e mais horas. Se você quer ver a exposição, corre, fica só até dia 20 de abril.

“The Little Black Jacket” por Karl Lagerfeld

Como disse antes, dia 30 de novembro estive em São Paulo para fazer vestibular e já tinha planejado visitar a exposição da Chanel com umas amigas, estava totalmente incrível, fiquei pensando em como queria estar com o blog ativado no dia para chegar em casa e postar tudo mas eu tinha três vestibulares pela frente então deixei quieto, demorei mas resolvi postar.

the little black jacket

Na entrada tinha essa parede linda que todo mundo parava para tirar uma fotinha básica pra guardar de recordação e do lado já vinha outra parede gigante contando a historia do Karl Lagerfeld.

the little black jacketComo vocês podem perceber não tiro fotos mostrando meu rosto então minhas amigas lindjas tiraram várias fotos porque se dependesse de mim, não teria nenhuma para mostrar pra vocês hahahahaha

the little black jacket

the little black jacket

Achei minha gêmea de unha no meio da exposição, so que não hahahaha

the little black jacketA exposição tinha três andares, no primeiro tinha a historia de Karl Lagerfeld e muitas fotos, no segundo andar tinha mais fotos e a parte da Yoko Ono, já o terceiro andar era um pouco diferente, entravamos em um lugar escuro e no final do local tinha diversas fotos diferentes como se fossem quadrinhos com iluminação de varias cores dando destaque.

the little black jacket

Guardando o melhor pro final, na exposição tinha uma parte dedicada a Yoko Ono, do lado dessas fotos tinha uma tela que mostrava um video onde ela expressava a vida dela “dançando”, ficou incrível, vocês podem conferir no video aqui em baixo:

Como se tudo isso já não fosse perfeito o suficiente, todos os visitantes ainda ganhavam três posters lindos com fotos da exposição, MUITO AMOR GENTE, os meus estão lindinhos esperando eu colocar na moldura pro meu novo apartamento hahaha.

VESTIBULAR: Design de Moda

VOGUE

Aqui estou eu de novo, tentando continuar o blog que tenho desde o primeiro colegial mas sempre acabava parando por causa da rotina escolar. 2013 foi sem duvida um dos anos mais difíceis para mim. A exatamente um ano atrás postei um texto falando sobre minhas metas para 2013, bom, consegui três das cinco que estavam na lista, as três primeiras. Ano passado foi um ano muito corrido, terminei meu tratamento de embolia pulmonar em Agosto, perdi muito do terceiro ano, tinha que fazer trabalhos de tanto que perdia provas e aulas mas agora, finalmente me formei e guess what, PASSEI NA FACULDADE, UHUL!

fashion designer

Agora sim vamos começar o post de hoje, muitas meninas tem duvidas de como é a faculdade de moda, vestibular e essas coisas, só que antes de tudo isso você tem que ver se moda é o que você realmente ama e quer se dedicar pelo resto da sua vida, não diga “sim, tenho certeza” antes de terminar de ler o post e pensar bem sobre suas escolhas pois muitas, muitas mesmo, desistem do curso por achar que era uma coisa e na verdade é outra. 

1. Você gosta realmente de moda? 

Gostar de moda e achar que é o que você quer fazer pelo resto da sua vida não é só gostar de compras roupas, assistir gossip girl, ler capricho e dar dica para as amigas, vai além disso. Na verdade, se você quer ser personal stylist é quase isso, agora se você sonha em ter uma marca assim como eu por exemplo, temos um longo caminho pela frente.

2. Faça cursos para ver se é realmente o que você quer

Falar que sou apaixonada pela moda desde pequena seria mentira mas eu sempre tive ligação, quando era pequena adorava fazer minhas roupas de barbie e ficar costurando, mas fui descobrir meu amor pela moda mesmo em 2007, assistindo Gossip Girl. Mas não fiquei só nisso, corri atrás, queria saber mais e aprender mais a cada dia, no primeiro colegial criei o blog e comecei a fazer um curso para ver se era isso mesmo que eu queria, comecei um curso de Corte & Costura na VOGUE, uma loja de tecidos da minha cidade que tem uma escola, fiquei um ano e três meses aproximadamente no curso, não tinha tempo obrigatório, você saia quando queria e eu tive que sair por causa do terceiro colegial que era período integral em vários dias da semana, eu posso dizer que foi uma das melhores coisas ter feito aquele curso, em três meses eu já estava costurando super bem, a professora começou de uma regata básica mas no quinto mês já fiz um vestido de festa, deu trabalho mas consegui, hoje em dia costuro de tudo, faço minhas próprias roupas sozinha, como sempre tive maquina de costura fica muito mais fácil. Eu ia começar a fazer um curso de estilismo em agosto de 2013 mas acabou não dando certo, queria aprimorar mais o que eu já sei de desenho, algum dia posto meus desenhos aqui para vocês, me lembro de ter postado algum já no meu instagram, se quiserem dar uma olhada: @stefanygrande (ps: acho que foi o único que postei ate hoje mas foi um dos piores que já fiz então não reparem, rs)

fashion

3. Procure mais sobre a faculdade

No primeiro colegial quando comecei o curso fiz uma excursão com a escola para um evento em São Paulo onde tinha várias faculdades, teve palestra de moda com uma professora da UNIP e um workshop do SENAC, era incrível como ninguém parava na palestra, entrava aquele monte de menina tudo bem vestida com cara de quem “ama” moda assim como falei no primeiro tópico e não parava nem cinco minutos e ainda falavam na cara da professora “nossa, que coisa chata, achei que era mais legal”, por fim a professora começou a dar a palestra só pra mim pois ninguém estava realmente afim de saber. Sai de lá decidida, queria fazer Design de Moda. No mesmo dia cheguei da excursão e já fui procurar as faculdades que tinham o curso, e desde o principio sempre soube que queria fazer em São Paulo, onde concentra as maiores oportunidades para jovens talentos na moda.

4. As faculdades e suas diferenças 

De todas que eu olhei as que mais me chamaram atenção desde o começo foi a Anhembi Morumbi (Bairro Morumbi, São Paulo) e a Santa Marcelina (Bairro Perdizes, São Paulo), as duas estão entre as melhores do Brasil, a única coisa que muda entre elas são algumas coisas na grade. Ano passado fui prestar vestibular treineiro na Anhembi Morumbi, achei o vestibular um pouquinho complicado e no final do ano prestei pra valer. O vestibular da Anhembi é feito na faculdade mesmo e você pode agendar também, já o vestibular da Santa Marcelina é feito pela PUC-SP. Fui para São Paulo no dia 30 de novembro, cheguei em sampa e fui direito para exposição “The Little Black Jacket” da Chanel que estava tendo no parque Ibirapuera, depois vou fazer um post só da exposição cheio de fotos para vocês, enfim, no dia 1 fiz o vestibular da Santa Marcelina que eu achei extremamente difícil, não estava preparada, não tinha lido nenhum livro que pediram e ainda não sabia que tinha questões abertas, foi totalmente um DESASTRE. Sai da prova arrasada, tinha certeza que eu não iria passar, e não passei mesmo, não estudei quase nada no terceiro colegial, perdi muita aula mesmo com o tratamento então meio que me conformei, ainda tinha mais dois vestibulares pela frente, o da Anhembi e o da FMU que eu não conheço muito bem mas só iria prestar por conta de ser mais barata a faculdade, bem mais barata. Dia 2 fui para a Anhembi Morumbi fazer o vestibular, achei que tinha ido super mal, eu já estava falando para os meus pais que queria um carrinho pra vender pastel na feira de tão mal que achei que tinha ido, de noite fui jantar com meus pais e meu pai me perguntou o endereço da FMU que eu iria fazer o vestibular no outro dia, entrei no meu email e me deparei com “Parabéns pela sua conquista, você passou em DESIGN DE MODA, na Anhembi Morumbi” comecei a chorar, minha mãe também começou a chorar e foi uma loucura, nem fui mais fazer o vestibular da FMU hahahaha. Depois disso, voltei pra minha cidade e no final de semana meus pais voltaram para São Paulo para procurar apartamento e fazer minha matricula na faculdade, resumindo, estou matriculada em Design de Moda em São Paulo, vocês tem noção do quanto to feliz por realizar um sonho que tenho desde a sétima serie? felicidade não esta cabendo dentro de mim. Me mudo esse mês para sampa, já arrumei um apartamento que vou dividir com mais duas meninas que eu ainda não conheço mas vou conhecer e vai dar tudo certo, é isso ai, e podem ter certeza que vou mantendo vocês informadas de tudo, principalmente quando começar a faculdade, quero compartilhar tudo com vocês.

Bom, então é isso, de todos esses três anos que venho procurando coisas a mais sobre a faculdade eu aprendi que é difícil sim, não é que nem como todo mundo fala como se moda fosse a coisa mais fácil do mundo, passar também é difícil e pior ainda é o julgamento das outras pessoas por quem quer estudar moda, mas não desiste, se é isso que você quer, corra atrás, de seu melhor, no final vai valer a pena se for a coisa certa a fazer. Independente da faculdade e do lugar que você vai estudar, você é quem faz a faculdade e o lugar, se você tem talento, pode ter certeza que um dia dar certo e se não der, a gente começa de novo.

Se tiver alguma coisa em que posso ajudar vocês é só perguntar por aqui ou entrar na pagina “contato” e no final dela tem um espaço reservado para os leitores, espero que tenham gostado e que tenha ajudado vocês.